CD INTEGRIDADE - CLAUDIO NUCCI & FELIPE CERQUIZE

COMPRE O MINAS REAL NA ONERPM (LINK ABAIXO)

03/08/2011

LANÇAMENTO DO LIVRO "SOLAR DA FOSSA"

Ontem (2 de agosto), foi uma noite especial. Estar presente no lançamento do livro "Solar da Fossa", de Toninho Vaz, foi participar ao vivo de uma parte da história da arte brasileira, principalmente da música. Um contingente representativo de grandes artistas brasileiros, que moraram no Solar da Fossa, compareceu para pegar seu exemplar, para reencontrar amigos e também para rememorar os idos da década de 60. Entre outros, estavam lá Nelson Angelo, Luiz Carlos Sá, Mano Melo, Ítala Nandi, Fábio ("Estela, em que estrela você se escondeu?"), Hyldon ("Jogue suas mãos para o céu e agradeça se acaso tiver...") e Laudir de Oliveira (Artista renomado nos cenários nacional e internacional, que já tocou com Sérgio Mendes, Moacir Santos, Jackson Five (o último disco do quinteto tem a participação dele) e Quincy Jones). Fiquei sabendo, pelo Toninho, que depois que fui embora chegou também Paulinho da Viola, para lhe dar um abraço e pegar o exemplar dele.
.
Há mais ou menos seis anos, li a biografia de Torquato Neto e me chamou atenção a forma fluida como o autor narrava a história do Torquato. Fácil de entender, mas impactante na maneira como a apresentava. Uns dois anos depois, encontrei Toninho Vaz na internet e nós nos tornamos amigos virtuais. Logo depois, li a biografia de Paulo Leminski, também escrita por Toninho e, a partir daí, nos tornamos amigos reais, numa razão diretamente proporcional aos chopes tomados juntos e aos encontros em acontecimentos como o Festival de Cinema de Conservatória, o lançamento do CD "O Poeta da Voz" (Selma Reis) e oficinas literárias, entre outros.
.
O lançamento do Solar da Fossa coroa o trabalho desse grande escritor, que, depois de uma longa peleja com uma outra editora, conseguiu readquirir os direitos de sua obra para publicá-la na Casa da Palavra. Esse livro já nasceu "best seller", pelo menos dentro da minha concepção. Há coisa de um mês, antes do trabalho chegar às livrarias, falei para o Toninho que não dava duas semanas para que a grande mídia o procurasse. Não deu outra: já saiu matéria no Estado de Minas, na Folha de São Paulo e no Jornal do Brasil. No lançamento, estava a Globo News fazendo a cobertura.
.
Deixo aqui, então, meus parabéns para Toninho Vaz pela brilhante ideia de recuperar a memória dessa pensão que ficava onde hoje está o Shopping Rio Sul, na zona sul do Rio de Janeiro, e que foi o primeiro ato de um palco que serviu e ainda serve à boa música que chegou aos nossos ouvidos por artistas como Tim Maia, Paulo Diniz, Sá & Guarabyra, Caetano Veloso (Alegria Alegria nasceu lá), Gal Costa, Nelson Angelo, Paulinho da Viola e tantos outros talentos de quem seremos eternos fãs.
.
Abaixo, estão algumas fotos tiradas durante o lançamento.


Nelson Angelo em entrevista para a Globo News (Luiz Carlos Sá ao fundo)

Pegando o meu autógrafo com Toninho Vaz

Toninho Vaz compenetrado nas dedicatórias

Com o grande músico Laudir de Oliveira

Com o fantástico poeta Mano Melo

Com Nelson Angelo e Hyldon

Com Luiz Carlos Sá e Laudir de Oliveira

Luiz Carlos Sá e Toninho Vaz

Um comentário:

jz flores disse...

perdi o laçamento. um pena. queria estar presente e sentir o clima nostálgico dos arquitetos musica brasileira. li no jornal o O Globo, umas dias antes, mas n me atentei a data. mas com toda certeza será minha próxima aquisição grafica